Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de São Manuel - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
LEGISLAÇÃO
Atos relacionados
INTERAÇÃO
Curtir
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
DECRETO Nº 3721, 10 DE JUNHO DE 2020
Assunto(s): DOENÇAS-PANDEMIAS-EPIDEMIAS
Revogada Totalmente
Obs: revogado pelo decreto 3723/2020
DECRETO Nº 3721 DE 10 DE JUNHO DE 2020

Dispõe sobre a adoção de medidas para o atendimento dos Protocolos de Atualização do Plano São Paulo de Combate ao COVID-19.

RICARDO SALARO NETO, Prefeito do Município de São Manuel, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, conferidas pelo artigo 78, incisos IX e XII da Lei Orgânica Municipal,

CONSIDERANDO:
I – O Rebaixamento para a fase 2 da Região VI – Bauru, na qual São Manuel pertence, nos termos do “PLANO SÃO PAULO”;
II – Que mesmo que o Município de São Manuel esteja em situação individualmente favorável, adequado e preparado para pandemia, compete cumprir as medidas impostas pelo Estado para o fim de contribuir com a redução da propagação da COVID-19, sob pena de responsabilização.
DECRETA:
Art. 1º Fica mantida a prática do distanciamento social como forma de evitar a transmissão comunitária da COVID-19 e proporcionar o achatamento da curva de proliferação do vírus no Município de São Manuel.
Art. 2º A partir de 15 de junho de 2020, o Município de São Manuel passa a operar na FASE 2 do “PLANO SÃO PAULO, observadas as regras estabelecidas neste Decreto, sem prejuízo das regras Estaduais.
Art. 3ºOs restaurantes, lanchonetes e similares estão proibidos de realizar atendimento presencial ao público, podendo realizar apenas serviços de delivery e drive thru, durante o expediente definido no alvará de funcionamento.
Art. 4ºOs demais estabelecimentos comerciais, considerados não essenciais pelas autoridades competentes e de serviços, terão o horário de funcionamento reduzido, das 12 (doze) às 16 (dezesseis) horas, de segunda-feira a sábado, deverão atender o protocolo sanitário, bem como observar as seguintes regras:
I – Promover o controle e limitar a quantidade de pessoas dentro do estabelecimento, limitando o atendimento a no máximo 01 (um) cliente por fração de 10 m2 (dez metros quadrados), no interior do estabelecimento ou a no máximo 20% do limite de pessoas permitidas no alvará de funcionamento, promovendo o atendimento preferencial de idosos, gestantes e pessoas portadoras de comorbidades, de modo a reduzir o tempo de exposição;
II – Orientar, por meio de cartazes, faixas, fitas e elementos de sinalização no solo, a fim de delimitar e resguardar o cumprimento da distância mínima de 1.50 (um metro e meio) entre pessoas, em filas locais de espera, a fim de evitar aglomerações;
III – Disponibilizar álcool em gel 70% em todos os pontos onde é realizado o atendimento ao público para uso de funcionários e clientes;
IV – Fornecer a todos os seus empregados ou colaboradores, máscara de proteção facial, bem como todo e qualquer EPI necessário à atividade, sendo obrigatório seu uso correto durante todo o expediente; e,
V – Exigir o uso de máscara de proteção facial de todos os clientes, para acesso ao estabelecimento, bem como, nas filas locais de espera.
Parágrafo único. Quando houver conflito sobre o disposto no inciso I deste artigo no que tange ao número de pessoas por metro quadrado ou ao limite de pessoas estabelecido no alvará, deverá o estabelecimento adotar o critério que permita o menor número de pessoas.
Art. 5º As atividades imobiliárias, concessionárias e escritórios estão liberadas para funcionamento, observando:
I – Orientar, por meio de cartazes, faixas, fitas e elementos de sinalização no solo, a fim de delimitar e resguardar o cumprimento da distância mínima de 1.50 (um metro e meio) entre pessoas, em filas locais de espera, a fim de evitar aglomerações;
II – Disponibilizar álcool em gel 70% em todos os pontos onde é realizado o atendimento ao público para uso de funcionários e clientes;
III – Fornecer a todos os seus empregados ou colaboradores, máscara de proteção facial, bem como todo e qualquer EPI necessário à atividade, sendo o obrigatório seu uso correto durante todo o expediente;
IV – Exigir o uso de máscara de proteção facial de todos os clientes, para acesso ao estabelecimento, bem como, nas filas locais de espera.
Art. 6º Os bares, salões de beleza, manicure, barbeiro e similares, academias e demais atividades que geram aglomeração ficam proibidos de funcionar enquanto o Município estiver na FASE 2 do “PLANO SÃO PAULO”.
Art. 7º A fiscalização será exercida por meio das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, fiscais de postura, Guarda Civil Municipal – GCM de São Manuel e Polícia Militar, que promoverá, junto aos estabelecimentos comerciais de que trata este Decreto, a orientação e recomendação de atendimento às normas sanitárias estabelecidas pelos órgãos sanitários competentes, e, no caso de desatendimento, a Notificação e a autuação de infração, nos termos da legislação vigente.
Parágrafo único. O responsável pelo estabelecimento comercial, ou seu subordinado, que descumprir as normas sanitárias vigentes, de acordo com o disposto no caput deste artigo, ou desacatar qualquer autoridade de fiscalização sanitária, poderá responder pelos crimes tipificados nos artigos 268 e 330 do Código Penal Brasileiro, sem prejuízo das demais sanções de natureza administrativa, civil e penal cabíveis
Art. 8º Os estabelecimentos são responsáveis pelo cumprimento das regras previstas neste Decreto, devendo fiscalizar o pleno atendimento das disposições pelos empregados elou colaboradores, bem como pelos consumidores.
Art. 9º Qualquer cidadão poderá realizar Denúncia ou Reclamação relativa ao descumprimento de normas sanitárias ou administrativas de que trata este Decreto, diretamente pelo telefone 199, da Guarda Civil Municipal – GCM de São Manuel, ou pelo Sistema “Ouvidoria SM”, através do site www.saomanuel.fiscalizaja.com.br, ou ainda, pelos telefones (14) 3812-4400, da Prefeitura Municipal de São Manuel, e 190, da Polícia Militar.
Art. 10.Fica suspenso os efeitos do DECRETO nº 3713 de 29 de maio de 2020, no que diz respeito as medidas de flexibilização.
Art. 11. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.

São Manuel, 10 de junho de 2020.


RICARDO SALARO NETO
PREFEITO MUNICIPAL


Registrado na Seção de Expediente em 10 de junho de 2020.



Luciana Fidêncio Beloti Shinozaki
Chefe da Seção de Expediente
Autor
Executivo
* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Atos relacionados por assunto
c
Ato Ementa Data
DECRETO Nº 3730, 13 DE JULHO DE 2020 Decreta a prorrogação da quarentena no Município de São Manuel, denominada de “Quarentena Consciente” no contexto da pandemia da COVID-19 (Novo Coronavírus), Estabelece Critérios para a Manutenção das Atividades Econômicas dentro da Fase Laranja do “PLANO SÃO PAULO” e dá providências complementares. 13/07/2020
DECRETO Nº 3727, 29 DE JUNHO DE 2020 Decreta a prorrogação da quarentena no Município de São Manuel, denominada de “Quarentena Responsável”, no contexto da pandemia da COVID-19 (Novo Coronavírus), e dá providências complementares 29/06/2020
DECRETO Nº 3723, 14 DE JUNHO DE 2020 Decreta a prorrogação da quarentena no Município de São Manuel, denominada de “Quarentena Consciente” no contexto da pandemia da COVID-19 (Novo Coronavírus), e dá providências complementares. 14/06/2020
DECRETO Nº 3722, 13 DE JUNHO DE 2020 Decreta adesão ao PACTO REGIONAL firmado entre os municípios que integram o Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS-6), para enfrentamento da pandemia da Covid-19 (Novo Coronavírus) e dá providências complementares. 13/06/2020
DECRETO Nº 3718, 05 DE JUNHO DE 2020 Altera o Decreto nº 3713, de 29 de maio de 2020, que ‘dispõe sobre a adoção de medidas de retomada das atividades econômicas no Município de São Manuel’, e dá outras providências. 05/06/2020
Minha Anotação
×
DECRETO Nº 3721, 10 DE JUNHO DE 2020
Código QR
DECRETO Nº 3721, 10 DE JUNHO DE 2020
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia